web-archive-net.com » NET » B » BIGORNA.NET

Total: 482

Choose link from "Titles, links and description words view":

Or switch to "Titles and links view".
  • Bigorna.net: Arquivos Incríveis: Paulo José e a formiguinha Bingo
    da Abril em tentar emplacar uma revista mix só de quadrinhos nacionais Pilotada pelo veterano Primaggio Mantovi que na época era um dos chefes do departamento de produção de Quadrinhos da editora o time principal da revista eram os próprios artistas da Abril Feras como Herrêro onde anda esse cara César Sandoval Ruy Perotti o próprio Primaggio entre muitos outros Além disso a revista agregava autores de fora da Abril como Walmir Amaral Jayme Cortez Miguel Paiva e o próprio Paulo entre outros Nem é preciso dizer que sua formiguinha era tão carismática que logo se tornou um dos personagens principais da revista Pena que nem isso salvou a CRÁS da extinção durando apenas cinco memoráveis edições Porém com o fim desta Paulo levou o Bingo para o suplemento de Quadrinhos que a Folha de São Paulo possuía naquela década Nessa época Paulo ainda era um jovem autor e seu Bingo possuía um clima de contestação hippie típico daquele período Como tantos cartunistas daquela época Paulo utilizava seu personagem para retratar o comportamento da juventude dos anos 70 que ainda questionava o Sistema graças a Deus Com o fim do tal suplemento Bingo deu uma sumida da grande imprensa Fui

    Original URL path: http://www.bigorna.net/index.php?secao=arquivosincriveis&id=1297080386 (2016-04-25)
    Open archived version from archive


  • Bigorna.net: Arquivos Incríveis: Colonnese e Zalla desenham quadrinhos para o livro de história: História do Brasil para Estudos Sociais
    já davam uma verdadeira aula no assunto Nos anos 60 e 70 Eugênio Colonnese e Rodolfo Zalla possuíam um estúdio que além de produzir muitos gibis de Terror e Super Heróis ainda engordava o orçamento ilustrando vários livros didáticos inclusive com fartas páginas de HQs Quem foi criança nessa época certamente lembra desses livros de Estudos Sociais antigo nome para História adotados pelas escolas da época repletos de exuberantes HQs

    Original URL path: http://www.bigorna.net/index.php?secao=arquivosincriveis&id=1296476170 (2016-04-25)
    Open archived version from archive

  • Bigorna.net: Arquivos Incríveis: Chico e Chica, de Edmundo Rodrigues
    que girava em torno da radiodifusão que naquela época era uma mídia extremamente forte e popular Era uma revista basicamente de fofocas sobre artistas uma especie de Caras do período extremamente popular e que chegou a ultrapassar a marca de mil edições Pois no ano de 1960 a editora resolveu se arriscar num mercado que até então não tinha intimidade o de quadrinhos E lançou o gibi infantil Chico e Chica todo produzido roteiro e arte pelo ótimo quadrinhista Edmundo Rodrigues que na época já fazia sucesso como ilustrador do gibi Jerônimo o Herói do Sertão e prestava serviço para muitas outras publicações Nesses anos proliferavam gibis com crianças como personagens principais Os mais populares eram Luluzinha Bolinha Pimentinha Tininha Riquinho Brotoeja e similares que faziam muito sucesso entre os pequenos leitores Maurício de Sousa ainda engatinhava timidamente fazendo suas primeiras tiras para jornais com o Bidu e Franjinha Nesse cenário Edmundo Rodrigues criou Chico e Chica um casal de irmãozinhos muito bagunceiros e alguns personagens de apoio como Thiaguinho um garoto que se achava muito esperto e acabava só se dando mal no final das histórias O gibi seguia o padrão gráfico da maioria dos da época 32 páginas

    Original URL path: http://www.bigorna.net/index.php?secao=arquivosincriveis&id=1295872131 (2016-04-25)
    Open archived version from archive

  • Bigorna.net: Arquivos Incríveis: Assombrações nacionais na revista "X-9"
    profissionais que sucederam Hammett e Raymond depois que estes faleceram Toda essa introdução é pra dizer que por conta da popularidade do personagem a editora Rio Gráfica atual Globo lançou na mesma década de 40 uma revista chamada X 9 para pegar carona no sucesso do nome A revista na verdade não trazia quadrinhos do personagem era isso sim uma versão nacional dos famosos pulps americanos revistas de contos policiais e de suspense com fotos de atores na capa e impressas em papel jornal preto e branco Eram revistas quinzenais bem baratas e populares bem para o povão mesmo que vendiam que nem água Nem preciso dizer que esta revista fez um sucesso danado e durou até a década de 70 rendendo centenas de números A maior parte do conteúdo da X 9 era tirada de pulps americanos mas a partir da década de 50 foi criada uma seção de quadrinhos nacionais chamada Assombrações que eram quadrinizações de lendas e causos fantasmagóricos enviados pelos próprios leitores Mitos populares como a famosa Loira do Banheiro ou o Bebê Diabo por exemplo E os encarregados de adaptar esses causos para os quadrinhos eram artistas geniais como Flavio Colin Walmir Amaral Gutemberg Monteiro

    Original URL path: http://www.bigorna.net/index.php?secao=arquivosincriveis&id=1295264053 (2016-04-25)
    Open archived version from archive

  • Bigorna.net: Arquivos Incríveis: Catálogo do Primeiro Congresso Internacional de Quadrinhos, de 1970 - Seção Brasileira
    tanto nacionais quanto internacionais Entre seus atrativos destacou se uma parte da exposição totalmente dedicada aos quadrinhos brasileiros Pra melhorar ainda mais na época editaram este catálogo muito bom com uma cronologia dos quadrinhos produzidos no Brasil desde priscas eras O responsável pelo levantamento foi Rubens F Luchetti que fez um verdadeiro trabalho arqueológico valiosíssimo Em fevereiro do ano seguinte algumas revistas da editora Ebal trouxeram fotos e textos sobre o evento A seguir reproduzo o que foi publicado na seção Notícias em Quadrinhos das revistas A Maior nº 9 que publicava as aventuras de Thor Capitão América e Homem de Ferro e O Demolidor nº 23 Uma vista geral da Exposição Internacional de Histórias em Quadrinhos realizada no Museu de Arte de São Paulo É a parte inicial que se refere a O Tico Tico até 1933 Milhares de pessoas visitaram a mostra PS Se repararmos bem na foto acima veremos o super herói brasileiro Raio Negro e o famoso TOP TOP do Fradim de Henfil A época de Ouro que vai de 1934 a 1940 é a do Suplemento Juvenil Na foto um pouco desfocada vê se o falecido Adolfo Aizen fundador da Ebal e Paulo Adolfo Aizen

    Original URL path: http://www.bigorna.net/index.php?secao=arquivosincriveis&id=1294655857 (2016-04-25)
    Open archived version from archive

  • Bigorna.net: Arquivos Incríveis: Patrício Bisso homenageia Ida Lupino em HQ
    O argentino radicado no Brasil Patrício Bisso é mais conhecido pelo seu trabalho de ator e humorista sobretudo pela sexóloga Olga Del Volga personagem que ele criou e interpretou na novela Um Sonho a Mais de 1985 na Rede Globo Com a mesma personagem e outras também fez dezenas de shows pelo Brasil afora tendo atuado também no cinema em filmes como O beijo da Mulher Aranha onde ainda foi figurinista Mas além do trabalho de ator Bisso é jornalista cenógrafo ilustrador e quadrinhista São raríssimas as incursões pelos Quadrinhos porém quando isso aconteceu os resultados foram ótimos Como nesta pérola publicada na revista erótica Status em 1978 Trata se da HQ Ida Pepino uma homenagem paródia a uma de suas divas Ida Lupino atriz inglesa que atuou em filmes como Cinzas que Queimam 1951 e No Silêncio de uma Cidade 1956 entre outros Uma HQ que registra todo o bom humor de Bisso e sua fixação por divas glamourosas o que pode ser constatado em seu traço elegante próximo ao de um estilista de moda Apesar do traço seguro e pessoal Bisso dedicou se muito pouco aos quadrinhos preferindo investir na sua carreira cênica a qual sem dúvida fez

    Original URL path: http://www.bigorna.net/index.php?secao=arquivosincriveis&id=1292188043 (2016-04-25)
    Open archived version from archive

  • Bigorna.net: Arquivos Incríveis: Manual do Leitor de Gibi, de Key Imaguire Jr, editado pela Gibiteca de Curitiba
    humorista tendo sido o idealizador da Gibiteca de Curitiba que em setembro de 2010 completou 28 anos de existência Consta ser a primeira gibiteca no mundo Como podem ver Key e um verdadeiro pioneiro no cenário do Quadrinho Nacional E em 1986 ele bolou esse simpático Manual do Leitor De Gibi com ilustrações de Flavio Colin Luís César Bellende e Luís Antônio Guinski Trata se de uma cartilha contando brevemente a história do surgimento dos Quadrinhos no mundo destacando inclusive alguns dos personagens mais conhecidos como Mafalda Super Homem Fantasma Tarzan Príncipe Valente entre outros todos analisados por uma abordagem semiótica A cartilha também explica o método de produção de uma HQ daquela época lógico e ainda traz uma retrospectiva do Quadrinho curitibano desde 1886 ate 1985 Um trabalho de pesquisa muito competente e com certeza cansativo considerando se que naquela época não havia Google que com certeza só poderia ser feito por um apaixonado pela Nona Arte como Key A cartilha era distribuída aos freqüentadores da Gibiteca para que todos conhecessem a importância cultural e histórica dos Quadrinhos e da existência de um local onde eles tivessem o mesmo tratamento que os livros Enfim um item de colecionador muito

    Original URL path: http://www.bigorna.net/index.php?secao=arquivosincriveis&id=1291639186 (2016-04-25)
    Open archived version from archive

  • Bigorna.net: Xalberto e seus Contos de Nenhum Lugar
    e outros em começo de carreira aliás diga se de passagem uma coleção completa da Balão hoje é item raríssimo Depois Xalberto foi assimilado pela imprensa publicou na saudosa revista Visão e fez carreira na MAD Essa série Contos de Nenhum Lugar é a sua obra prima ou uma das cujos capítulos começaram a ser criados em 1972 publicados na Balão em 1973 e redesenhados para este álbum de luxo

    Original URL path: http://www.bigorna.net/index.php?secao=arquivosincriveis&id=1291074935 (2016-04-25)
    Open archived version from archive



  •